O Alvo: Prontos para a colheita – Pr. Sergio Freita

Categories: Artigos

João 4.31-36

Inicio hoje uma nova série de pregações que, sem perder o tema: ANO DE AMAR, quero compartilhar O ALVO: o lugar que estamos indo como comunidade cristã. Lendo o texto do Evangelho de João, lanço uma questão importante para nossa reflexão pessoal e coletiva: sendo o campo pronto para ser colhido, você está pronto para a colheita?

Nunca houve tanta abertura para o evangelho de Cristo como hoje! Por que consigo fazer essa afirmação? – porque há um caos generalizado! A solidão assola grande parte dos habitantes do mundo. Aqui nos Estados Unidos, há um crescente número de pessoas que se sentem abandonadas por tudo e todos; violência sem limites; sexualidade relativizada; padrões familiares questionados; competição entre colegas de trabalho; falta de tempo para descanso. Além  da enorme quantidade de suicídio no mundo.

Vivemos num mundo sem esperança! E é exatamente por conta de todas essas coisas que estão acontecendo, que o meu coração se enche de motivação para dizer que este é o momento para propagar a Esperança que vem do nome de Jesus! Nós temos a resposta para a falta de esperança do mundo. Nós temos o remédio para as enfermidades da alma de cada ser humano. Nós temos a chave do segredo que abre todos os tesouros escondidos do conhecimento e sabedoria. Nós somos a igreja de Cristo, nós somos Cristãos, nós somos Discípulos de Jesus Cristo, nós mostramos esperança ao mundo enquanto vivemos nele. Nós estamos olhando para a vida como quem vive e não como quem morre a cada sol que nasce.

Igreja de Cristo, abra os olhos e veja que o mundo está pedindo por nós. A falta de referencial positivo grita por nosso nome. Só precisamos ver e enxergar a realidade que vivemos. O caos está colocado, essa é a melhor oportunidade que temos para gerar vida na morte. Você está pronto?!

Mas, talvez, você se pergunte: será que sou capaz? Será que eu sou mesmo um trabalhador desse campo? Será que esse papel é para ser desenvolvido por mim? Sim! É através de sua vida que as pessoas conhecerão a esperança de viver nesse mundo, no entendimento que mesmo nas lutas da vida é possível ter vida na perspectiva da eternidade, e vida abundante!

O resultado de você se entender parte dessa grande colheita é desfrutar da alegria de gerar esperança para alguém que não a tinha. É colher na perspectiva do eterno. Entendendo que aquilo que você vive aqui é parte daquilo que é eterno, pois o eterno começa hoje. Lendo Mateus 9.37, 38 entenda que essa colheita precisa de sua resposta! Vamos juntos!

Um beijo carinhoso,

Sérgio Freitas.